Amadores e Peritos

0
10

Todas as grandes descobertas são feitas por amadores.

No início de um novo trabalho, geralmente você é muito criativo, fica profundamente envolvido, com todo o seu ser nele. Então, aos poucos, à medida que você se familiariza com o território, em vez de ser inventivo e criativo, começa a ser repetitivo. Isso é natural, porque, quanto mais habilidoso você se torna em qualquer trabalho, mais repetitivo você fica. A habilidade é repetitiva.

Dessa maneira, todas as grandes descobertas são feitas por amadores, porque uma pessoa habilidosa tem muito a perder. Se algo novo acontecer, o que acontecerá com a velha habilidade? A pessoa aprendeu por anos e agora se tornou uma perita. Assim, os peritos nunca descobrem coisa alguma, nunca ultrapassam o limite de suas destrezas. Por um lado, ficam cada vez mais habilidosos e, por outro lado, tornam-se cada vez mais obtusos e o trabalho parece ser um estorvo. Agora nada existe de novo que possa excitá-los – eles já sabem  o que irá acontecer, sabem o que irão fazer, sem qualquer surpresa.

Aqui está a lição: é bom atingir a habilidade, mas não é bom se acomodar nela para sempre. Quando surgir em você a sensação de que agora as coisas estão parecendo batidas, mude, invente algo, acrescente algo novo, elimine algo velho. Fique novamente livre do padrão – o que significa ficar livre da habilidade – e torne-se de novo um amador.

Tornar-se novamente um amador exige coragem e atrevimento, mas é assim que a vida se torna bela.

Osho, do livro 365 MEDITAÇÕES DIÁRIAS. 

_________________

Sucesso e paz.
Varekai (onde quer que seja)
Roberte Metring – CRP 03/12745

Não me peça explicações, não as tenho. Eu simplesmente aconteço.
Psicoterapia – Consultoria – Cursos – Palestras
 Docência – Supervisão
contato@psicologoroberte.com.br – www.psicologoroberte.com.br