O profeta e os tigres (reflexão)

0
11

O falso profeta chegou à aldeia e assustou a todos com ameaças de males que viriam da floresta (males que nunca existiram). As pessoas, assustadas, reuniram uma enorme quantia de dinheiro e lhe entregaram, de modo que conseguisse afastar o perigo.

O homem comprou alguns pães velhos, e começou a espalhá-lhos em torno da floresta, recitando palavras incompreensiveis.

Um rapaz se aproximou:
– O que está fazendo?
– Salvando os seus pais, seus avós e seua amigos de amaça dos tigres.
– Tigres? Mãs não existem tigres neste pais!
– Por força da minha magia – disse o falso profeta. – Ela funciona sempre, como está vendo.

O rapaz tentou argumentar, mas os habitantes resolveram expulsá-lo da cidade, pois ele estava atrapalhando o trabalho daquele homem santo.

Fonte: Paulo Coelho, Jornal Correio – Salvador – 07/01/12.

__________________

Sucesso e paz.
Varekai (onde quer que seja)
Roberte Metring – CRP 03/12745

Não me peça explicações, não as tenho. Eu simplesmente aconteço.
Psicoterapia – Consultoria – Cursos – Palestras
 Docência – Supervisão
contato@psicologoroberte.com.br – www.psicologoroberte.com.br